Faculdades de Geologia Cuiabá, Mato Grosso

Esta página disponibiliza informações sobre as placas tectônicas, o Parque Nacional Thingvellir, na Islândia e uma lista de empresas e profissionais especializados no assunto na cidade de Cuiabá. Encontre abaixo empresas e profissionais da região de Cuiabá que oferecem diversos produtos e serviços relacionados e ainda esclareça suas dúvidas sobre os estudos das placas tectônicas.

Ice- Institituto Cuiabano De Educação
(65) 3314-2161
av Europa, 63 Jardim Tropical
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Associação Brasilis-Colegio Waldorf Brasilis
(65) 3644-7531
r 1, S/N Quadra33 Lote 12 Loteamento Dom Bosco
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
C.E.M.A Centro Educacional Maria Auxiliadora
(65) 3624-3634
avDom Aquino, 449 Dom Aquino
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Instituto Magna De Educação E Cultura
(65) 3624-7357
av Tenente Coronel Duarte, 326 Centro Norte
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Funed-Fundo Único Educação
(65) 3025-6961
r Andraina, 99 Jardim Novo Horizonte
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Cebrac-Centro Brasileiro De Cursos
(65) 3614-9200
av Isaac Póvoas, 819 Cnetro Norte
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Cetem-Centro De Ensino Tecnico Matogrossense
(65) 3322-2335
r Antônio João , 210 S2 Centro Norte
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Centro De Capacitação
(65) 3653-5615
r Macaé, 57 Santo Antônio Pedregal
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Centro Federal De Educação Tecnologica
(65) 3314-3500
r Zulmira Canavarros, 95 Centro Norte
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Centro Educacional Edificando O Futuro
(65) 3666-0681
r D4 Quadra 74 Lote5 Parque Cuiaba
Cuiaba, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Fotografias das placas tectônicas

Todos sabemos que elas causam os terremotos e maremotos, que matam e destroem e muito.
Porém a natureza é muito bela e vale a pena ser mostrada.

O fotógrafo britânico Alexander Mustard registrou o mergulho que ele e outros colegas fizeram na fenda entre as placas tectônicas da América do Norte e da Eurásia.
A aventura para conhecer a "fronteira" entre as duas placas ocorreu no Parque Nacional Thingvellir, na Islândia. A paisagem submersa do parque é cheia de vales, falhas e fontes de lava, formados pelo afastamento gradual entre as duas placas, que se distanciam cerca de 2,5 centímetros uma da outra a cada ano.




A noção de placas tectônicas foi desenvolvida nos anos 1960 para explicar as localizações dos vulcões e outros eventos geológicos de grande escala.
De acordo com a teoria, a superfície da Terra é feita de uma "colcha de retalhos" de enormes placas rígidas, com espessura de 80 km, que flutuam devagar por cima do manto, uma região com magma nas profundezas da terra.


Visto e retirado do G1

...

Clique aqui para ler este artigo em Um Novo Mundo